sábado, 25 de outubro de 2008

Quase duas da manhã...

Nunca sei como começar um texto. A pagina em branco me deixa nervosa. O silêncio me deixa em pânico...



Cadáver esquisito...
(Um título sem sentido para um texto sem sentido)


Há muito tempo penso em criar um blog. “Um espaço para expressar minhas idéias e neuroses”, mas sinceramente a idéia de “obrigação” de ter que atualizar todos os dias pra mim é incômoda.
Não gosto de escrever sob pressão e confesso que sou meio relapsa... às vezes desisto das coisas, mas desta vez jurei a mim mesma que serei diferente (o que resta é saber se vou cumprir).
Buenas,
Não sei nem por que, mas acho que seria interessante iniciar com uma breve descrição deste ser que aqui está... E ela é simples e clara SOU UM ET... um ET, estranho e extremamente viciado em cafeína.
Não gosto de silêncio, principalmente quando tenho que me concentrar. Em silêncio entro em pânico. Isso me faz ter tiques irritantes como tamborilar nas mesas com as unhas. Ás vezes eu mesma me irrito com isso, mas o silencio me mata... Ainda bem que tenho amigos (alguém sempre segura a minha mão ou me pede pra parar quando a coisa fica exagerada)...
É estranho, já que a maioria das pessoas só se concentra no mais absoluto silencio, mas como já disse devo ser um ET...
Sou estudante de jornalismo e entrei neste barco graças ao vicio pela informação, gosto de saber de quase tudo, mesmo que nem sempre eu tenha sucesso nesta minha tarefa...
Sou muito, muito, muuuuito apaixonada por musica, assim mesmo, com muitos “U’s” alem do café boa musica é o meu combustível.
Se já chegou ate aqui deve ter notado que adoro as reticências também... Elas nem sempre são necessárias, mas dão uma “cara” legal ao texto...
(resistam bravamente... esta chatice já esta acabando, agora falta pouco... EU JURO!)
Continuando,
Sou egoísta em alguns momentos, excêntrica, chata, e extremamente irônica, só ainda não sei se isso é bom ou ruim... (caramba!!...).
Me apaixono facilmente, mas nego isso ate a morte. Tenho dificuldades em demonstrar sentimentos. Tenho medo, muito medo... de quase tudo, mas principalmente de mim mesma... morro de medo de perder o controle.

Realmente sou uma pessoa estranha... Mas não sou tão ruim assim...hehehe
PS: ESPERO QUE EU CONSIGA FAZER JUS AO NOME QUE MINHA AMIGA PITTA SUGERIU...DIZER TUDO É UMA TAREFA DIFICIL...

Um comentário:

.betina disse...

Sim.. tu conseguiu te descrever, isso só me faz confirmar aquilo que venho alegando: tu é um ET. NUnca nesses 19 anos consegui escrever algo sobre mim. Eu passo horas tentando descobrir como me descrever, como eu sou e coisas do tipo. Mas enfim, mesmo sendo essa coisinha estranha que és, eu te amo!!